terça-feira, janeiro 4

é certo, ele vem.
solto, aberto, novo
rachado ao meio,
manco ou tonto.
eu que tenho dois
braços, acolho.
ô benzinho,
você tem um ano
para ser inteiro!

6 comentários:

Gaby Soncini disse...

Que lindo Vanessa *.*

Christiano Scheiner disse...

teu poema vem certeiro :)

doca disse...

beija a mim!

Í.ta** disse...

maravilha de poema. ritmamente perfeito!

beijos.

Roberto Borati disse...

por essas e outras não gosto de despedidas....


quanto ao seu comentário, obrigado sempre e também por aparecer sempre deixando boas palavras...

e aqui falo: achei demais esse seu poema, gostei tanto, tanto, tanto.

feliz ano novo inteiro para você.

Thomaz Ribeiro disse...

E ele é inteiro de expectativas.