quarta-feira, dezembro 8

primavera


Desde cedo Maria
abre a janela espia
a primavera  colhe a rosa
 põe no vaso é rosa vermelha
Maria não gosta de avental
de sabão que não faz espuma
 ralar cenoura e de tempo
que anuncia temporal

2 comentários:

Í.ta** disse...

tu escreves narrativas curtas também? quer participar do concurso que tô promovendo no um-sentir?

confere lá e mete a cara na escrita :)

beijos!

doca disse...

nada como uma manhã de sol....