terça-feira, março 3

Para ela, que era terra, raiz forte e pés que procuravam luz bem dentro do solo, o jeito dele, de nuvens dispersas e cabeça de pipa, não deixava de ser divertido. A confusão estava feita: ele vivia tentando enfiar-se debaixo de algo e ela subir o mais alto que podia. Uma gangorra do amor: a vida pode ser tão leve.

3 comentários:

doca disse...

a noite completa o dia.
e vice-versa.

doca disse...

o branco completa o preto
que completa o branco.
Vai Corinthians!

aluisio martins disse...

o puer-senex perfeito para as paixões e amores mais densos - ora fora, ora dentro. Antes que a vida expurgue ou engula os poetas e os amantes.
Lindo o teu texto, todo ele.