segunda-feira, agosto 30

embrulhado
em papel de bala,
 pequeno pedaço de ideia,
ainda fechada para
não ter desperdicio.
Vai que eu abro
e é precipício.

6 comentários:

Leonardo B. disse...

[do pequeno mundo, inacabado, se desembrulhe um mais vasto: vastidão nunca demais]

um imenso abraço, Vanessa

Leonardo B.

doca disse...

lambuza o doce

Camila F. disse...

doce é tão bão :D
beijo!

Sérgio Luz disse...

depois eu sou o pessimista... lindo texto!

Ada Lima disse...

O prazer é meu, Vanessa! Gostei do seu blog.

Bjos

Ada

Carito disse...

Boa demais!!!