quinta-feira, janeiro 28

verdade
ele era pesado
meio desafinado
mas solidario:
não deixava de avisar
quando era você
do outro lado
 fazia o seu melhor trim
eu vinha correndo
(meu telefone Serafim)

9 comentários:

reantinha disse...

delícia um serafim cheio de boas novas!!!

renatinha disse...

re antinha foi f...rsrsrsrs

vanessacamposrocha disse...

AHAHAHAH!!!!
muito bom!!!

.Leonardo B. disse...

[palavra parece apenas um tapete para o caminho; se não soubesse, a letra até pensaria que o mundo era redondo, como um estranho rascunho de vocábulo]

um imenso abraço

Leonardo B.

vanessacamposrocha disse...

para a palavra: construção.
prazer Leonardo!

Nassar disse...

lindinho!
já tentou uma lei de incentivo?
esse blog vale um livro!

vanessacamposrocha disse...

Que elogio lindo Nassar!
Olha, com a graça dos aliados invisíveis, já ganhei dois prêmio, mas ainda não pensei em fazer um livro do blog. Obrigada pela sugestão. Acho que o livro tem esse tom poético (Pequeno Tempo),se um dia você o ler, me conta.
um beijo

Sérgio Luz disse...

que fofurazinha!!! hahaha

doca disse...

tem gente que nem precisa mais de telefone para adivinhar as cousas...