domingo, julho 5

há um vazio enorme.
mas basta um ponto
para que o vazio
mude de nome

.

8 comentários:

Herculano Neto disse...

O vazio muitas vezes é menor do que se apresenta e outras vezes acompanhado é quando parecemos mais sozinhos - são dualidade nada filosóficas, mas literárias. Saudações.

vanessacamposrocha disse...

Verdade Herculano, o jeito é aproveitá-lo( mesmo que doa)!
abraços
VAnessa

[ rod ] disse...

Um toque certo... um beijo amado da mulher.

De novo aqui a te olhar.

Bjs moça e vim te convidar.






Reuni 12 amigos e pedi a cada um uma palavra de inspiração. Disto surgiram 12 textos.

A saga dos 12 textos já começou...

Venha conferir no dogMas, diariamente, de 01 a 12 de julho em comemoração ao meu aniversário.


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Laura Assis disse...

mas às vezes nesse ponto
desponta no vazio
um nome
(e aí não importa seu tamanho)


lindo blog :)

vanessacamposrocha disse...

Rod, obrigada pela visita e pelo convite!
abraços

vanessacamposrocha disse...

Laura, é incrível o quanto cabe em um ponto!
obrigada
abraços

doca disse...

e faça uma vírgula;

Anônimo disse...

e se for o ponto final!!!